Demi Lovato e Scooter Braun revelam motivo de quase não terem assinado contrato: “Ia ser respeitoso e negar”

Em 2019, a Demi Lovato assinou contrato com o Scooter Braun e passou a ser agenciada pelo empresário, mas você sabia que isso quase não aconteceu?

Nessa terça-feira, 7, foi divulgada uma entrevista que a cantora de “Anyone” fez com a Bustle junto com uma sessão de fotos, e ela acabou falando sobre como foi o processo de assinar contrato com o Scooter Braun. O empresário se juntou à Demi Lovato nesse momento para contarem que quase não rolou esse contrato por um motivo especial.

+ Demi Lovato posta carta aberta sobre privilégio branco: “Isso não é justo”
(Reprodução/Instagram)

A artista contou que estava passando por problemas de confiança e trauma em figuras masculinas que teriam controle sobre a sua carreira, então ela precisou pensar direito em como queria que fosse sua relação com Scooter. Mas Demi também revelou que queria muito assinar o contrato com o mesmo empresário de Justin Bieber e Ariana Grande.

“No passado, eu projetava meus problemas de abandono nas outras pessoas, especialmente em figuras masculinas que eu olharia como figuras paternas. Eu tive que pensar em como eu queria que a minha relação com o meu empresário fosse sem colocar os meus problemas com meu próprio pai nele. Eu estava nervosa [na reunião] porque eu queria muito que ele me empresariasse, e eu estava apavorada com rejeições. E também, eu passei por uma overdose pública, não sabia se alguém iria querer me empresariar depois disso.”

Já Scooter contou que esteve ao lado de Justin e Ariana quando passaram por momentos complicados e que achava ser a pessoa ideal para ajudar Demi. Mas durante a primeira reunião com a cantora, ele sentiu que ela precisava de outro tipo de pessoa para empresariá-la, mas depois voltou atrás.

“Eu passei por isso com o Justin, eu passei por isso com a Ariana, sabe? Eu meio que sentia que, por eu ter passado por isso diversas vezes com pessoas que começaram suas carreiras muito cedo, eu iria entender um pouco o que a Demi estava passando. [Na reunião] minha intenção era ser respeitoso e negar. Ela estava nervosa. O quê eu vi era que ela precisava de alguém que não precisasse dela. Mas no meio da reunião, minha parceira Allison Kaye e eu nos olhamos e rimos. Depois, Allison me mandou uma mensagem tipo ‘você está pensando a mesma coisa que eu?’. Eu sabia que eu poderia ajudá-la. Eu sabia que Allison poderia ajudá-la. Eu sabia que eu estava em uma posição, de vida e de carreira, que se Demi precisasse tirar três anos de folga, ela poderia fazer isso. E se Demi precisasse de nós para ter uma conversa honesta sobre algo que ela estava passando, isso não iria afetar minha reputação.”

Ficamos felizes em saber que Demi está bem com Scooter e que ela está contente com o caminho que a sua carreira está tomando depois que assinou o contrato. Queremos ver o que a cantora está planejando com o empresário pra frente.

Leticia Annes

Editora do Febre Teen Insta/Twitter: @le_annes

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.