Os 10 melhores personagens de ‘Gravity Falls’

Quem sente saudade de ‘Gravity Falls‘, do Disney Channel? Porque nós sentimos, e muito! Esse foi um dos melhores desenhos da última década, principalmente pelos personagens que amávamos, mas infelizmente chegou ao fim em fevereiro de 2016.

Com seu cenário sobrenatural, sua narrativa intrigante em todos os episódios, sua emocionante construção de mundo e suas histórias atraentes, o desenho se destacou pela delicada arte de tocar a imaginação de fãs jovens e até mais velhos.

Mas o maior motivo do desenho ter sido tão amado e se tornado o favorito de muitos com certeza foi pelos personagens.

10º – Pacifica Northwest

Pacifica é a garota popular típica de cabelos loiros, com família rica e a atitude de garota má. Ela começou como uma rival de Mabel. Sua atitude é principalmente manipuladora, pois ela costumava tirar proveito das fraquezas dos outros para obter ganhos pessoais.

No entanto, ela sofre uma transformação pessoal na segunda temporada, quando ela e Mabel se uniram para superar os Lilliputtians que interferiam em sua partida de golfe em “The Golf War”, e quando ela e Dipper descobriram uma verdade horrível sobre seus ancestrais em “Northwest Mansion Mistery”.

– Candy Chiu

Uma das melhores amigas de Mabel na cidade, Candy é uma garota coreana humilde, tímida, porém alegre e solidária. Como Mabel e Grenda, ela mostrou traços excêntricos que fizeram as duas se conectarem a ela. E mutuamente, elas compartilham muitas obsessões pré-adolescentes.

Apesar de ser uma personagem coadjuvante, Candy teve momentos em que se destacou, como em “Sock Opera”, onde ela demonstrou extremo talento no sintetizador e em “Roadside Attraction”, onde salvou a gangue da morte por uma pessoa-aranha e se reconciliou com Dipper, depois que os dois aparentemente tiveram um romance.

– Soos Ramirez

Todo estabelecimento precisa ter o trabalhador e o pessoa mais leal para fazer o trabalho pesado. Para o Mystery Shack tem o Soos. Ele é o faz-tudo e também o mais sem noção da gangue.

Apesar disso, ele provou ser competente em outros campos, como engenharia, DJ e partidas de pinball. Seu melhor momento é no episódio “Soos and the Real Girl”, onde ele conhece um simulador de namoro chamado GIFfany.

– Gideão “Gideãozinho” Gleeful

Como principal rival de Dipper e Tivô Stan, Gideão Gleeful é um inimigo digno dos dois na primeira temporada e em algumas partes da segunda. Gideãozinho é o proprietário da Tent of Telepathy, uma concorrente de maior sucesso do Mystery Shack, que se imagina como um local da fantástica capacidade psíquica dele.

Ao contrário de outros moradores de Gravity Falls, o jovem está ciente dos fenômenos sobrenaturais que ocorrem na cidade. Isso o leva a avançar contra os irmãos, o que o leva a ser exposto como uma fraude e a ser enviado para a prisão.

– Wendy Corduroy

Wendy é a garota legal do grupo. Pertencente a uma família de lenhadores, ela serve como caixa no Mystery Shack. E graças ao sangue de sua família, ela demonstrou muitas habilidades que herdou de seu pai, como sua força robusta, suas habilidades de sobrevivência e sua tenacidade ao lutar contra inimigos.

Um tema recorrente é o fato de ela ser crush de Dipper. E muitos episódios mostram o garoto tentando atraí-la, sem sucesso. Ela é revelada como tendo ex-namorados, incluindo Robbie, a quem Dipper detesta. No entanto, Wendy se importa profundamente com Dipper.

-Bill Cipher

 

O antagonista central da série, Bill Cipher, é a força demoníaca destrutiva que está por trás das ocorrências sobrenaturais de Gravity Falls. Com uma aparência simples de um triângulo amarelo, uma cartola, uma gravata borboleta e um olho de serpente para se parecer com o olho que tudo vê, Cipher teve um acúmulo intrigante que resultou em sua libertação em “Dreamscaperers” e seu governo durante ” Weirdmageddon ”.

Enquanto emprestava um senso de humor distorcido a seus seguidores, o demônio mantinha uma presença ameaçadora (e muitas vezes assustadora), até suas explosões de temperamento, suas manipulações da realidade e sua capacidade de ler e controlar a mente das pessoas.

– Tivô Stan / Stanley Pines

O terceiro personagem principal do desenho, Tivô Stan, é o tio vigarista de Dipper e Mabel e o dono da sombria armadilha para turistas, a Mystery Shack. Ao longo da série, ele  se mostrou um parente grosseiro em relação aos gêmeos, completo com sua imprudência inconsciente, seu orgulho de vendedor e seus implacáveis esquemas de enriquecimento rápido.

À medida que a série se aprofunda nos segredos da cidade, Tivô Stan mostrou um lado mais suave, especialmente durante o episódio “Not What He Seems”, onde ele revela estar escondendo um dispositivo altamente perigoso e os três diários para trazer de volta seu irmão gêmeo Stanford, cuja identidade ele nomeou para si mesmo. Apesar disso, ele ajudou os gêmeos em sua luta contra Bill Cipher durante “Weirdmageddon”.

– Stanford Pines

O irmão gêmeo há muito tempo perdido de Tivô Stan, Stanford Pines (ou tio Ford) foi o autor secreto das três revistas que eram o centro dos mistérios sobrenaturais da série. Uma vez, ele encontrou Bill Cipher no passado e fez amizade com ele. No entanto, quando soube de suas verdadeiras intenções, Ford tentou impedi-lo destruindo o teletransportador, apenas para ele ficar preso na fenda dimensional.

Desde então, Stanley usou a identidade de seu irmão gêmeo e tentou trazê-lo de volta ao tempo deles. Em seu curto período de tempo, ele serviu como um mentor confiável para Dipper. Após a partida de Gravity Falls, Ford pediu o apoio de Tivô Stan para que encontrassem anomalias semelhantes em todo o mundo.

– Dipper Pines

Nascido com uma marca de nascença que se assemelhava à constelação de Big Dipper, assim o xará Dipper é o irmão gêmeo de 13 anos de Mabel e um aspirante a aventureiro. Depois de encontrar um diário oculto no Mystery Shack e encontrar um grupo de gnomos no primeiro episódio “Tourist Trapped”, Dipper estava determinado a descobrir todos os mistérios e fenômenos presentes em Gravity Falls. Retratado como perspicaz, ele era frequentemente alvo de desprezo por outros na cidade. Mas, lentamente, ele mostrou competência em suas habilidades de detetive, sua posição de liderança e sua compaixão por seus entes queridos.

Apesar disso, ele revela ter vulnerabilidades que humanizavam seu personagem, como sua propensão a canções pop, seu medo de usar um macacão de cordeiro, seus clones distintos e seu crush por Wendy.

– Mabel Pines

Por último, mas obviamente não menos importante, o melhor personagem de Gravity Falls é, com certeza, Mabel Pines. Como o coração e alma do programa, Mabel é o oposto da personalidade séria de Dipper; nisso, ela é feliz, aleatória e boba, mas otimista, motivadora e compreensiva. Mabel exibiu muitas peculiaridades que a destacaram, como seu talento em artesanato, sua coleção de blusas de malha, seu otimismo em namorar e seu amor por seu porco Waddles.

Mesmo com essas qualidades, há momentos em que ela é vital para a totalidade da narrativa do programa. Em “Sock Opera”, ela enfrentou Bill Cipher em uma briga, apesar do custo de perder seus bonecos de meias. Em “Not What He Seems”, ela tomou uma decisão crucial de confiar em Tivô Stan, que a levou a libertar o tio Ford. E em “Weirdmageddon 2: Escape from Reality”, ela deu um salto na maturidade e quebrou sua bolha da realidade.

Karen Cesar

Twitter: @kaarencesar Instagram: @karencesar_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.