Leigh-Anne, do Little Mix, diz que não se importa de perder fãs racistas: “Ignorância”

As últimas semanas estão sendo marcadas por protestos no mundo inteiro contra o racismo. Diversas pessoas ao redor do mundo estão indo às ruas apoiando o movimento Black Lives Matter e compartilhando as suas experiências através das redes sociais. Leigh-Anne Pinnock, do Little Mix, foi uma delas.

A britânica está usando a sua voz para relembrar as suas experiências com o racismo e como isso a machucou. Em uma nova entrevista ao ‘This Morning’, ela explicou que sentia que “não havia pessoas suficientes se importando com ela” e com sua luta contra a desigualdade racial.

“Falei brevemente sobre minhas experiências no ano passado e simplesmente não senti que havia pessoas suficientes se importando ou que estavam ouvindo. Essa é a primeira vez na minha vida que o mundo inteiro fala sobre racismo e vidas negras e estou muito impressionado com isso. Eu Preciso me livrar dessa dor que carrego há nove anos e espero me relacionar com as pessoas sem sentir medo.”, falou ela aos apresentadores.

Falando sobre o seu depoimento na última semana, onde ela fala sobre o racismo presente na indústria musical e como isso dificultou a sua carreira no início. A estrela acrescentou que também costumava dizer que os seus sentimentos estavam “em sua cabeça” e só podia contar com a sua família.

“Muitas pessoas me diziam ‘está na sua cabeça’ ou ‘é claro que as pessoas amam você, o que você quer dizer?’. Eles não entendiam, eu só tenho uma moça de raça que trabalha ao meu lado. Eu entro predominantemente em países brancos e esse sentimento me causava uma sensação de que eu realmente não devia estar aqui. Eu realmente só conseguia falar com minha família e meus amigos e senti que muitas pessoas não entendiam. Agora eu consigo ver quanta dor estou carregando. É hora de lutar”, concluiu ela.

Ela aproveitou para falar sobre a importância de se posicionar em um momento tão importante como esse e o silêncio é uma forma opressora.

“Eu não ligo se eu perder fãs”, disse ela. “Agora o mundo inteiro está falando sobre isso e espero que haja uma mudança. Estou esperançosa”, concluiu ela.

Ver essa foto no Instagram

Like many of you, I have been feeling really heavy with everything that we are seeing online and hearing on the news. In the past I have mentioned some personal experiences that were triggered due to my race. More than ever I felt like it was time that I was completely open and honest with you all because finally, the world is awake and people want to listen, help and understand. I'm not doing this video for sympathy or for you to watch and then go about normal life. I'm doing it because enough is enough and hopefully from sharing this we can all do more to understand the racism that takes place. In doing this we are able to approach the bigger issue and break down systemic racism. All we want is equality and justice for our black community. 🖤

Uma publicação compartilhada por Leigh-Anne Pinnock (@leighannepinnock) em

André Luiz Freitas

EDITOR DE CINEMA/TV - E aí, que tal falarmos sobre música, série e filmes? Me chama lá @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.