Com texto sincero e necessário, Lamar Morris desabafa sobre racismo: “Estou cansado de ver meu povo sendo morto”

O mundo está unido por uma só causa, acabar com o racismo que tem tirado a vida de milhares de pessoas pretas pelo mundo. O movimento ‘Black Lives Matter‘ veio como forma de protesto pelos acontecimento, principalmente depois da morte de George Floyd, e tomou as redes sociais e também as ruas, principalmente dos Estados Unidos.

+ #BlackLivesMatter: Ariana Grande, Halsey e outros famosos vão às ruas

Muitos famosos estão usando sua voz e influencia para falar sobre o assunto e apoiar o movimento, e Lamar Morris, integrante do Now United, não ficou de fora. O cantor se abriu sobre o assunto e desabafou sobre opressão.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Lamar (@lamar_hype) em

“Estou cansado de ver meu povo sendo morto, estou cansado de ver minha gente sendo oprimida, por tantos anos somos arrastados por essa merda, enquanto levantarmos a cabeça, não mais”

+ Noah Urrea se junta a protesto contra racismo em apoio ao movimento ‘Black Lives Matter’

Lamar falou sobre o abuso por parte dos policiais que acham que estão no direito de tratar mal os negros por carregarem um distintivo.

“Tantos nomes e rostos, vídeos e fotografias como prova, e mesmo assim esses racistas não são tratados do mesmo jeito que somos. ‘SOU UM POLICIAL DESARMADO!’ Você acha que eles se importam? Eles abusam do distintivo que tem e nos tratam como se não merecêssemos estar aqui”

O cantor também se abriu sobre o privilégio branco e como os pretos precisam lutar muito mais para poderem continuar vivos.

“Privilégio branco é algo que venho testemunhando com meus próprios olhos, porque você é BRANCO você é prioridade, nós precisamos fazer 10 VEZES o que vocês precisam para sobreviver, e ainda estamos aqui de pé porque nossos ancestrais não morreram para nos curvarmos para nenhum racista ou pretos odiando os brancos!”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Lamar (@lamar_hype) em

+ Lamar Morris fala sobre participação de Noah Urrea em sua música solo, ‘Polaroid’

O cantor também citou a apropriação cultural dizendo que os brancos roubam diversas coisas dos pretos e nem se quer dão créditos.

“Estou cansado de ter que falar sobre isso, vocês roubam e lucram como nosso estilo e nossa música, vocês roubam nossas ideias e não nos dão os créditos, vocês dizem que nos amam, me chama de irmão, essa merda não é autêntica”

Ainda sobre o privilégio branco, Lamar desabafou sobre o fato de como claramente são tratados de um jeito diferente em meio à própria justiça.

“Estou cansado de ver minha gente ser abatida a sangue frio e rotuladas como bandidos. Mas um homem branco pode atirar em lugar público e ser tratado completamente diferente. ‘Problemas mentais’ e outros rótulos são usados para ajudar os brancos, mas negros são rotulados como assassinos e são mortos antes de poder defender suas vidas”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Lamar (@lamar_hype) em

+ Bailey May debocha de manifestações do movimento ‘Black Lives Matter’ e fãs se irritam, com razão

Infelizmente desde que o mundo existe há o racismo e viver lutando para sobreviver em meio a isso é extremamente cansativo.

“Por muito tempo estamos aguentando isso, não somos animais somos humanos com emoções e sentimentos, ninguém deveria se sentir como se não merecesse viver por causa da sua cor de pele… uma coisa com o que eles nasceram. Eu estava bravo quando escrevi isso, eu quis dizer cada palavra, estou cansado de ver minha gente ser assassinada”

Lamar Morris concluiu deixando uma mensagem para todos da comunidade negra.

“Para meus colegas irmãos e irmãs pretos, lembre-se do que o Deus da alma James Brown nos disse – ‘Diga alto!!! Eu sou negro e tenho orgulho!!!’”

Karen Cesar

Twitter: @kaarencesar Instagram: @karencesar_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.