REVIEW: Dua Lipa revoluciona cenário pop com novo álbum ‘Future Nostalgia’

O cenário pop está sofrendo grandes mudanças e muitos artistas atuais estão procurando formas de explorar novos sons, ou até mesmo reviver épocas em busca de inspirações, mas até o momento, nenhum chegou ao alcance do Future Nostalgia. Entregando uma Dua Lipa sem restrições e sem medo de falar o seu guilty pleasure, o novo álbum da estrela britânica é um divisor de águas do gênero pop.

De início, fomos apresentados a ‘Don’t Start Now’ balada dançante, empoderada e libertadora. Já em ‘Physical’, o seu mais novo single, é a peça final para mostrar o ato revolucionário ato musical da britânica. We created something phenomenal, don’t you agree?

Em um novo recomeço perigoso, Dua Lipa conseguiu atrair a atenção do mundo inteiro para uma era discoteca e com um velho sabor do pop moderno. Avançando para agora, a chegada de Future Nostalgia é iminente, surpreendente e provou, mais uma vez, que misturar batidas, anos 80s e o eletro-pop e´ uma escolha infalível.

‘Cool’, terceira faixa do álbum, imediatamente é um dos destaques mais altos da discografia de Dua, intercalando com ‘Be The One’ e ‘Blow Your Mind (Mwah)’. Uma obra-prima, na qual te traz uma sensação de querer correr para uma praia, em um carro conversível, ao lado dos seus amigos. Embora ela te faz sentir uma sensação de alegria, ela não deixa de ser uma faixa sentimental.

‘Levitating’ é uma das canções que também devem ganhar credibilidade. E pela batida divertida, se tornará um hit muito pedido nas pistas de dança. Ou em época de pandemia, uma das canções mais adicionadas em desafios no TikTok. ‘Good In Bed’ e ‘Love Again’ tem potencial de se tornarem a nova ‘Last Dance’, sucesso romântico e antigo da cantora, presente no seu primeiro álbum, porém em uma forma mais dançante e rápida.

‘Boys Will Be Boys’ encerra o álbum em grande estilo, com uma orquestra totalmente revigorante e poderosa. Sem medo de falar o que pensa, as músicas falam sobre o sexismo presente na mídia. “Meninos serão meninos, mas meninas serão mulheres”, diz ela. Em uma batida ‘mais calma’ e uma citação rápida, a música, antes mesmo do lançamento, se tornou uma das favoritas na comunidade LGBTQIA+.

E com Future Nostalgia, Dua Lipa está certa que esse disco afasta tudo o que escutamos nas rádios, e é uma garantia de que a pista de dança e todos os charts serão totalmente dela.

André Luiz Freitas

23 anos, viciado em músicas, séries, filmes e shows! Instagram: @andreluizfreitas_

Não há comentários ainda

Comentários

Seu email não será publicado.

Copyright ©2019, Febre Teen - Todos os direitos reservados | Inovalize