Any Gabrielly e Maisa se abrem sobre a pressão da fama e hate nas redes sociais: “Para mim foi bem difícil”

Em tempos de quarentena, Any Gabrielly, integrante brasileira do Now United, começou esta semana uma série de lives com convidados que amamos.

A primeira pessoa a fazer a live compartilhada com ela foi Maisa. As duas conversaram sobre começarem tão cedo na indústria e como a fama que possuem hoje afeta suas vidas.

As duas se abriram sobre a pressão que sentem pelas milhares de pessoas que inevitavelmente colocam uma grande expectativa nelas.

Any Gabrielly: “Eu as vezes me sinto na necessidade de tipo ‘mas não é bem assim. Não, calma. Eu vou explicar’. Aí embanana tudo. E eu fico ‘gente, calma. Eu sou que nem vocês:

Tanto a atriz quanto a cantora também compartilharam seus pensamentos sobre o hate que é propagado na internet e as famosas fake news que precisam lidar a todo momento.

Maisa: “Eu acho que todo quando recebe uma mensagem de ódio, quando recebe um xingamento, principalmente quando inventam notícias sobre você que você sabe que não são verdades, isso te afeta de alguma maneira. Porque eu imagino que é uma coisa que eu nunca faria com os outros. Óbvio que quando eu leio essas coisas eu fico meio chateada mas eu sei que elas não são reais, porque quem me conhece falaria na minha cara se elas fossem reais, sabe?

Any revelou que para ela acabou sendo bem mais difícil lidar com tudo isso pelo fato de ter se tornado muito mais conhecida recentemente.

Any Gabrielly: “Eu também penso assim, mas demorou. Para mim foi bem difícil. Porque no comecinho, quando as pessoas começam a te conhecer é uma galera menor, mas quando expande de uma maneira que você não consegue acompanhar um por um, sempre tem aquelas pessoas que tem uma imagem errada de você baseada em um momento e eu ficava muito frustrada no começo, de querer sumir da terra.

A cantora do Now United disse que foi a partir disso que começou a entender melhor o que outros artistas grandes acabam passando com a pressão de ser um modelo para seus seguidores e pessoas que te acompanham.

Any Gabrielly: “Depois que eu comecei a sentir isso eu também aprendi a ver outros artistas. Eu entendi o quão difícil é ser artista conhecido, porque as pessoas criam expectativas em você, e elas realmente não sabem o que está acontecendo. Elas falam como se elas tivessem certeza”

Maisa ainda enfatizou que a fama infelizmente chega a um nível de deixar de ser uma pressão apenas na sua carreira e passa a ser também em sua vida pessoal.

Maisa: “Isso não é uma coisa legal porque o artista trabalha com a arte. E aí essa pressão acaba as vezes tirando o foco e você tem que ficar focando em responder fofoca ou desmentir certo boato. Isso acaba deixando as pessoas meio de saco cheio.

As críticas fazem parte da vida de todos mas elas se abriram sobre como as vezes acabam sendo duras demais e também se posicionaram sobre a cultura do cancelamento.

Maisa: “Se tornou meio que uma via de mão dupla. Ao mesmo tempo que você recebe amor você também recebe essas críticas que as vezes são muito duras. Eu acho que a galera agora está aprendendo com esse negocio de cancelar as pessoas, que todo mundo erra, que todo mundo é humano. A gente está caminhando para um lugar mais legal de compreender […] Na vida real a gente também erra e nossos amigos, que conhecem a gente, nos desculpam porque eles sabem que não é uma frase que define nosso caráter.”

Any Gabrielly também comentou sobre as pessoas acharem que podem invadir a sua vida alegando que você escolheu ser uma pessoa pública e por isso deve apenas aceitar que isso aconteça.

Any Gabielly: “É isso que eu tento passar e as vezes sou até julgada por isso. Porque as pessoas se sentem numa posição de invadir sua vida porque você é pessoa pública. E essa coisa de ‘ah, você é pessoa pública, você escolheu isso, você tem que aguentar.’ Mas não é bem assim. Todo mundo antes de ser pessoa pública é ser humano”

Maisa terminou dizendo que todo esse hate e julgamento nunca é bom porque as pessoas não sabem o que a outra está realmente passando em sua vida.

Maisa: “Talvez se acontecesse com a pessoa que está te julgando ela não aguentasse, porque você não sabe pelo que a pessoa está passando.”

Karen Cesar

Twitter: @kaarencesar Instagram: @karencesar_

1 comentário
  1. Oi sou a Kamily vitória sou muito fã do now United amaria conhecer eles sei que é quase impossível mas eu estou aqui como representante de todo o brasil

Comentários

Seu email não será publicado.