A Saga Crepúsculo: Franquia é processada por perversão sexual e racismo.

Saga Crepusculo

O estúdio responsável pela parodia TwiHarde, o Between the Lines Productions, entrou com um processo contra os produtores da saga literária ”The Twilight Saga” a Lionsgate e a Summit acusando-os de perversão sexual e racismo.

De acordo com o processo, a saga se trata de ”Luxúria e constantes relações sexuais entre uma garota de 17 anos, Bella Swan, e seu parceiro, Edward Cullen, que tem quase 100 anos a mais”, é também por “estereótipos unidimensionais sobre nativos norte-americanos e a cultura indígena, por meio da representação do personagem Jacob Black como um ‘bom selvagem’, ‘guerreiro sedento por sangue’ e ‘predador sexual’. E enfatiza hierarquias sócio-políticas e poder econômico baseadas na cor da pele em vez de traços de personalidade ou realizações

Essa não é a primeira vez que os estúdios Between The Lines tentam processar os responsáveis pelas adaptações da saga literária escrita por Stephenie Meyer. Antes, eles teriam pedido indenização de US$ 500  milhões por uma suposta sabotagem de ‘TwiHarder’. A ação foi voluntariamente extinta no mesmo dia do registro.

 

 

 

 

Equipe FebreTeen

Webmaster e editor chefe.

4 Comentários
  1. olha isso esta totalmente errado n tem nada a ver “crepúsculo” é uma sério com idade indicativa para maiores de 14 anos crianças n assistem então as cenas são preparadas para isso em vez dessas “pessoas” irem atras de filmes realmente prejudicais a sociedade ficam implicando com filmes como esses !! o flime é para adolescentes e existem adolescentes q assistem filmes muuuitooo pior q esse então na minha opinião isso é meio sem nexo

Comentários

Seu email não será publicado.